28 de abr de 2012

Capítulo 9 - Três presentes nada agradáveis (Belle)

"A anatomia diz que o coração está do lado direito do peito.
Em mim ela enlouqueceu, pois sou todo coração."
Maiakoriski

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

       Acordei e estava em meu quarto. Seth deve ter me trago pra cá ontem à noite. Bom, hoje é dia de aula, então me levantei, tomei um banho, fiz minha higiene pessoal, vesti uma roupa, peguei meus livros e desci até a cozinha. Peguei uma maçã e em cima da mesa havia um bilhete de Charlie:

 "Belle,
eu tive que viajar agora de manhã e pedi para que Seth a levasse pra escola.
Volto na sexta para seu aniversário.
Charlie"

       Assim que terminei de ler o bilhete, a campainha tocou. Fui atender e não era ninguém mais ninguém menos que Seth. Ele selou nossos lábios e me disse um "Bom dia!". Ele pegou os meus livros de minha mãos e os levou até o carro. Eu mesma podia ter feito isso , mas achei fofo da parte dele. Eu fechei a casa e nós entramos no carro.
       Ele me deixou na escola e disse que depois ia pra dele. Dei um beijo nele e depois fui pra entrada me encontrar com a Carol. Eu a vi conversando com a Isa, olhei pro lado e vi Camila, ela estava novamente com os olhos cor castanho escuro com vermelho. Eu fui em sua direção para poder conversar com ela.

        - Oi, Camila! - eu disse. - Posso te fazer uma pergunta?
       - Claro! - ela disse.
       - O que você estava fazendo na reserva Quileute ontem à noite?

       Ela ficou um pouco chocada por um ou dois segundos e depois disse:

       - Eu não estava lá! Você está bem? - ela tentou disfarçar.
       - Eu sei que você é uma vampira. - eu disse baixinho.
       - Como assim? - ela perguntou, um pouco indignada e um pouco chateada.
       - Meu namorado me contou "vocês", afinal ele é um lobisomem, e eu agora acho que sei porquê você e Isa não se suportam.
       - Bom, eu fui lá porque fiquei com medo de que...ahm...algo acontecesse com você. - ela disse. - Não confio nos lobisomens.
       - Hum...

       Depois dessa conversa estranha, nós nos juntamos as meninas e depois fomos pra aula.

**

       Seth me levou até um restaurante de comida italiana para almoçarmos. O carro que ele me buscara era o Volvo de Edward. Ele pegou emprestado porque ele tinha que me levar e me buscar na escola e, como eu ia pra casa dos Cullen depois, ele aproveitava e já o deixava lá.
       Nós almoçamos e depois passamos na casa de Charlie para que eu pudesse pegar minhas coisas. Fiz uma mala simples com coisas de higiene pessoal, pijama e algumas roupas.
       Entramos no carro novamente. A caminho da casa dos Cullen ficamos ouvindo música e cantando-as. Uma delas foi "She will be loved", do Maroon 5. Ele cantava meio desafinado, mas era engraçado. Nós rimos muito.
       Quando chegamos nós descemos do carro, ele pegou minha mala e a colocou do lado de fora, próximo à porta. Ele selou nossos lábios se despedindo de mim. Encostamos nossas testas e sorrimos olhando um pro outro. Logo ouvimos o barulho da porta se abrir e de lá saíram Rose e Alice. Eu me separei de Seth e peguei minha mala e andei um pouco na direção das meninas. Seth jogou a chave do Volvo de Edward e eu a peguei. Ele se virou e saiu correndo. Ao longe pude ouví-lo uivar, indicando que havia se transformado.
       Rose e Alice estavam um pouco chocadas, suponho que seja por Seth ter ido correr e se transformado bem aqui perto.

       - Você sabe... - começou Rose.
       - Que vocês são vampiros? Sim, eu sei. - eu disse.
       - Ahm...os outros tem que saber que ela sabe. - disse Alice e logo desapareceu.
       - Vampiros são super rápidos ou se teletransportam?
       - Nós somos super rápidos! - ela disse. - Vamos entrar!

       Nós duas entramos e todos os Cullen estavam na sala, um pouco aflitos. Bella veio em minha direção com super velocidade e me abraçou. Eu não entendia o porquê de toda essa aflição.

       - Gente, - me separando de Bella. - por que estão tão aflitos?

       Eles se entreolharam e Bella fez sinal de afirmativo para Edward. Acho que ia ser uma longa história. Bella me fez sentar no sofá e me contou tudo sobre os vampiros. Sobre sua força, os poderes que alguns deles adquiriam e me contou sobre os Volturi. Pelo visto era eles que os Cullen temiam. Bella me contou tudo sobre eles, como os conheceu, o que precisou fazer para que eles não os perturbasse mais, a história de Renesmee.

       - Nossa, então vocês estão preocupados comigo por saber a sua história por causa dos Volturi? - perguntei e Bella balançou a cabeça em sinal de positivo. E Renesmee é mesmo filha de Edward e Bella?       - É! Ela é meio vampira e meio humana - disse Bella.

       Nesse momento apareceu Renesmee e Jacob na sala. Renesmee veio até mim e me abraçou. Depois ela hesitou um pouco em colocar a mão em meu rosto, ela olhou para Edward e ele fez que sim com a cabeça. Ela depositou suas pequenas mãozinhas em meu rosto e imagens de lembranças desde que ela nascera até agora surgiram em minha cabeça. Esse devia ser o seu poder. Depois de me mostrar todas as lembranças ela retirou suas mãozinhas e sorriu pra mim. Eu sorri de volta.
       Depois de toda essa tensão, eu pedi para que tudo continuasse normal, mas que eles poderiam utilizar a "força e super velocidade" deles. Alice e Rose logo vieram para que eu começasse a minha "semana de aniversário".
**
       Chegou o tão esperado dia. Sim, hoje é meu aniversário de 16 anos. Sabe o que as loucas da Alice e da Rose me deram de presente? Um carro! Sim, um carro! Era um Audi azul-escuro lindo de morrer! *-* Deve ter custado uma fortuna, mas elas disseram que não foi nada.
       Depois elas foram fazer meu cabelo, maquiagem, unha e logo depois me vestiram. E logo eu estava pronta pra festa. Bella bateu na porta para visar que o carro tinha chegado. Ela me olhou e ficou surpresa.
       - Nossa, Belle! Você está linda! - disse Bella.
       - Olha quem fala! - eu disse, rindo. - Você também está linda, Bella.
       - Obrigada!
       Depois disso nós descemos as escadas. O restante dos Cullen já estava lá com Seth, Jacob e Charlie. Seth me olhou e ao me ver sorriu. Eu devolvi o sorriso a ele. Ele veio em minha direção assim que eu cheguei no pé da escada. Ele pegou em minha mão e me acompanhou até o carro. Ou melhor dizendo, limousine. Sim, o "carro" que me esperava era uma limousine. Isso só pode ter sido ideia de uma pessoa: Alice!
       Eu entrei e todos assim o fizeram. A limousine era enorme. Seth se sentou ao meu lado e disseem meu ouvido:

       - Você está linda!
       - Obrigada! - eu disse em seu ouvido.

       Ele selou nossos lábios e depois eu me aconcheguei com a cabeça em seu ombro ainda segurando em sua mão. Eu quase não o vi nessa semana que se passou.
       Chegamos no salão. Descemos da limousine e quando eu entrei todo mundo já estava lá e gritaram "Feliz Aniversário!". Logo começou a tocar uma música lenta e percebi que era a hora da valsa. Alice já havia me avisado que a mesma seria no início da festa. Eu primeiro dancei com Charlie que substitiu meu pai. Depois dancei com Seth e nos beijamos no final. Então começou a tocar "A Bela e a Fera"(homenagem à Isabella), minha música favorita, e eu iria dançar com uma terceira pessoa. A mesma cutucou meu braço e disse:
       - Me daria a honra dessa dança?

       Eu poderia reconhecer aquela voz rouca em qualquer lugar. Me virei e lá estava ele, vestindo um smoking e com o cabelo pra cima, da forma que eu gostava. Eu peguei em sua mão e começamos a dançar. Eu comecei a conversar com ele enquanto dançávamos.

       - Que bom que está aqui e vivo! - eu disse.
       - É bom estar aqui! - ele disse.
       - Achei que tivesse morrido e que não te veria nunca mais.
       - Ei, eu estou aqui! Não perderia o seu aniversário por nada!
       - Eu senti tanto a sua falta, Justin. - o abracei enquanto dançávamos.
       - Eu também, Belle! - ele disse e beijou meus cabelos. - Lembra de quando dançamos essa música?
       - Lembro sim! - sorri. - Foi no baile de formatura da oitava série.

       Ele sorriu e logo a música acabou. Paramos de dançar e todos aplaudiram. Eu soltei o abraço de Justin e fui ao encontro de Alice e Rose, pois agora eu iria trocar de roupa. Assim que o fiz o voltei pra festa. Seth me esperava com uma cara um pouco ruim. Dei um selinho nele e ele sorriu. Peguei em seu braço e fomos falar com o pessoal. No caminho Seth me perguntou:

       - Quem era aquele que estava dançando aquela música com você no final?
       - O meu melhor amigo do Brasil. Eu achei que ele tivesse morrido, mas está vivo. Foi um dos melhores presentes saber que ele está vivo. - eu disse.
       - Ah!

       Então ele estava era com ciúmes? Nossa, tá que eu já gostei do Justin, mas eu agora estou feliz ao lado de Seth. Fomos até a mesa onde se encontravam os "lobos". Jake assim que me viu, se levantou e me girou no ar dizendo:

       - Parabéns, baixinha!
       - Jake, me põe no chão! - eu disse rindo.

       Ele me soltou e me deu um beijo na bochecha. Eu falei com o restante e Isa estava encarando a mesa dos Cullen com uma mão no nariz.

       - Tá tudo bem, Isa? - eu perguntei.
       - Atacar... ahm - olha pra mim. - tá tudo bem sim! - ela disse e coçou o nariz.
       - Ah... entendi o motivo. Desculpa, mas foram duas deles que arrumaram a festa e de qualquer jeito iria convidá-los por causa da minha prima, Bella.
       - Atacar, atacar! - ela dizia baixinho.
       - Não, Isa! - disse Sam.

       Ela fez beicinho, mas depois voltou ao normal e começou a conversar comigo. Coçava algumas vezes o nariz, mas não me importei muito, afinal os outros a ajudariam.

       - Você sabe onde está a Carol? - eu perguntei.
       - Falando de mim? - disse Carol que estava atrás de mim. - Parabéns, amiga!
       - Obrigada! Este é Seth, meu namorado! - eu apontei para ele e o mesmo se virou.
       - Oi! - disse Carol a ele.
       - O-oi! - ele gaguejou e se apoiou.

       Eu olhei pra ele e pude ver um brilho em seus olhos. Eu pedi licença pra Carol e puxei Seth pra um canto. Ele estava com uma cara de "tonto" ou "bobo apaixonado". Será que ele... não, não deve ser.

       - Seth, o que aconteceu com você? - eu perguntei.
       - Ahm... Belle eu... eu... - ele começou, mas não concluiu e abaixou a cabeça.
       - Você teve imprinting com ela, não foi? - eu perguntei, e fiquei sem resposta. - Não foi? - eu disse aumentando um pouco o tom de voz e com algumas lágrimas em meus olhos.
       - Foi! - ele disse quase num sussurro. - Sinto muito!

       Eu me virei para uma janela que havia ali e mais algumas lágrimas percorreram meu rosto. Seth me abraçou pedindo desculpas e eu retribuí o abraço. Ainda bem que minha maquiagem era à prova d'água. Eu separei o abraço, limpei meu rosto e depois de me recompor eu disse:

       - Olha, vai lá falar com ela!
       - Tem certeza? Não vai ficar magoada? - ele me perguntou.
       - Bom, magoada não, mas chateada talvez. - eu disse. - Só que eu não posso fazer nada, afinal você não controla o imprinting.
       - Tá eu vou falar com ela, mas desde que você esteja bem com isso!
       - E eu to! Apoio geral pra vocês! - eu disse e ri logo depois. - Mas vamos continuar amigos, né?
       - Claro! - ele disse e me abraçou.
       - Eu tive uma ideia. Vou te ajudar a conquistá-la.
       - Obrigado, Belle!
       - De nada, Seth! - eu o abracei e depois fui falar com a Carol.

       Esse término de namoro com o Seth nãofoi agradável, mas fazer o quê? Eu vou apoiá-lo. Eu falei com Carol sobre Seth e ela achou meio estranho.

       - Pera aí - ela começou. - você tá falando do seu namorado pra mim? Por que?
       - Porque... eu terminei com ele. Não ia dar certo. Mas somos amigos e isso não vai nos separar. E ele me disse que gosta de você. - eu disse e pisquei pra ela.
       - Mas e a "lei" de que não se namora o ex da sua BFF...
       - Eu te livro dessa "lei". - eu a interrompi. - E você merece. - sorri.
       - Olha, até que ele é bonitinho. Mas, amiga, tem certeza?
       - Absoluta! - olhei pro lado e fiquei chocada. - Vai falar com ele! Eu tenho que falar com o restante dos convidados. - disfarcei e fui ver o que estava acontecendo.
       Havia uma senhora de longos cabelos castanhos e ondulados, vestida num belo vestido azul cetim. Eu olhei melhor pra ela e pude vê-la melhor.

        - Mamãe? - eu disse quase num sussurro.

       Era ela com a mesma roupa que ela estava vestida no meu aniversário de 15 anos no Brasil. Ela correu por entre a multidão e eu fui atrás dela. Era como se ela quisesse que eu a seguisse. De repente, ela desapareceu e a única pessoa que consegui ver foi Camila. Eu a puxei pro banheiro comigo.
       Lá ela estava um pouco temerosa quanto a ficar sozinha comigo, mas eu tinha que desabafar. Eu ia começar a falar até que olhei pra Camila e ela estava com um olhar meio demoníaco.
       Eu me afastei um pouco, mas eu sabia que seria em vão. Ela me segurou pelo pescoço e me ergueu do chão. Eu poderia dizer que estava próxima a meu fim, mas não. Eu estava com uma parede atrás de mim, uma vampira louca por sangue, super forte e rápida à minha frente. É eu achei que ia morrer, até que alguém a empurrou pra longe de mim.
       Eu caí no chão, mas felizmente não me machuquei gravemente. Tá que amanhã alguns hematomas hão de aparecer nas minhas costas, mas pelo menos eu só caí de costas e não quebrei nada. Olhei e vi Justin e Camila se entre olhando. Logo ela desapareceu e ele veio ver como eu estava.

       - Você está bem? - ele perguntou.
       - Você é um deles! - foi a única coisa que consegui dizer.
       - Sim! - ele disse. - Por isso me afastei esse tempo todo de você. Não quero queria que se machucasse.
       - Ahm... foi difícil pra mim. Mas, mudando de assunto, como soube que eu precisava de ajuda?
       - Bom, quando eu vi você entrando no banheiro com ela, eu li os pensamentos dela, avisei Edward por pensamento e consegui chegar à tempo.
       - Ah! Mas você pode ler pensamentos?
       - Sim, eu e Edward, só que eu ainda posso me comunicar com as outras pessoas, menos você e Bella.
       - Por que?
       - Bom, Bella tem um escudo, agora você... eu não sei.

       Nesse momento chegaram os Cullen, mas eles só verificaram se eu estava bem. Justin então disse:
       - Sabe, eu não sei como, mas uma pessoa que você não gosta muito apareceu na sua festa hoje.
       - Quem? - eu perguntei.
       - Vou descrevê-la pra você: loira, olhos verdes, estatura mediana...
       - Sophie... - eu disse o interrompendo.

        Ele afirmou com a cabeça. O que ela fazia ali? Que eu saiba ela estava no Brasil. Que aniversário é esse que estou tendo. Primeiro, meu namorado teve imprinting pela minha melhor amiga; segundo, sou atacada no banheiro por uma vampira que pensei ser minha amiga e terceiro, minha, digamos, "rival" aparece na minha festa.
       Depois de todos esses acontecimentos, o resto da festa foi normal. Cantaram parabéns pra mim e os Cullen não comeram nada. Em comparação, os lobos comeram o triplo do normal. Emily me disse que eles estão sempre com fome.
       Encontrei na festa Jordan, ou J(Jay)-Leonard como o chamo, e Jaxon, que estava ficando sabe com quem? Com a Isabella! Eu ri, mas achei muito fofo. Eles pareciam formar um belo casal.
        Você deve estar se perguntando: e a Leah? Acontece que ela não quis vir por conta dos Cullen. Seth havia me dito que ela não gostava muito deles. Fazer o que, não posso culpá-la.



Continua...




Oie minhas gatonas!!!! Tudo bem com vocês?? Eu estou bem!! =D Viram quem apareceu?? Sim, o nosso lindo Justin Drew Bieber! *---* Viram o que aconteceu com a Belle? Tadinha dela, perdeu o namorado, quase morreu e ainda por cima sua rival estava na sua festa! =/
Mas e ai?! O que acharam do capítulo?? Seja sinceras!!
Eu respondi aos comentários!!
Gente a Cait virou minha amiga!!! *--* Sério, to muito feliz!!!! =D Ela até me adicionou como irmã no facebook!!!! *----*
Beijinhos, girls!! ;*
AMO MUITO VOCÊS!!! <3
E antes que eu esqueça:
Bem-vindas leitoras novas!!! ^.^
@ClaraVeras/@JB10Lovehim

5 de abr de 2012

Capítulo 8 - Descobertas (Belle)

"Mas se você voltar,
Trás de volta o meu coração"
Leo Verão, "Se você voltar"

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

      Passou-se mais ou menos um mês desde que estou aqui. Se lembram que o Seth queria me dizer algo? Ele queria me pedir em namoro. E eu aceitei. Eu diria que sempre tive uma quedinha por ele e agora estamos juntos há 3 semanas, vai fazer um mês amanhã. E ele me disse que tem uma coisa muito importante pra me dizer, mas que só vou descobrir amanhã.
      Eu agora ajudo a Carol com os alunos novatos. Chegaram duas novas alunas e elas são brasileiras, como eu. Uma delas se chama Camila Reis, ela é um pouco pálida, tem olhos de uma cor que eu diria ser mistura de vermelho e castanho escuro, tem cabelo cacheado e castanho claro. Ela só ainda não conheceu Jordan e Jaxon porque eles estão com os amigos deles. Ah, e um fato estranho sobre ela é que sua pele é fria como a de Bella.
      Falando nos meninos, eu descobri que o Jaxon e a Carol já namoraram. Dá pra acreditar? Eles agora são somente melhores amigos.
      A outra menina que entrou na escola se chama Isabella Conte, ela tem longos cabelos castanhos, olhos castanho-claros, é morena e alta, acho que poderia dizer que é do tamanho da Leah. Eu percebi que ela, ao ver Camila, não gostou muito da mesma, mas espero que elas se entendam e se tornem amigas. Um fato estranho sobre ela é que sua pele é quente como a de Seth.
      Tenho ido muito na casa dos Cullen ultimamente. Já me tornei muito amiga de Rosalie, Alice e Renesmee. Alice adora conversar comigo sobre diversas coisas como moda, decoração e garotos (kkkkk...). Rosalie, ou Rose, também participa dessas conversas. Bella conversa comigo sobre alguns livros, Charlie e a minha escola.
      Outra "novidade"? Meu aniversário é semana que vem! \õ/ Sweet 16! Já vou poder dirigir sem ter um adulto por perto. Sim, já tirei minha carteira! As meninas, Rose e Alice, me disseram que farão uma festa pra mim, apesar de eu ter dito que não precisava, pois já tive uma festa de 15 anos no ano passado, elas insistiram dizendo que eu tinha que ter uma festa de 16 anos. Elas já até escolheram meus vestidos! Sim, vestidos, elas disseram que vou usar dois vestidos, e eu nem pude vê-los! ¬¬' Elas disseram que é surpresa.

**
      Estou aqui com Seth, ele me chamou pra um tipo de "fogo de conselho". Lá se encontravam os amigos dele que conheci em La Push, Leah, Sue, Billy e Isabella. Isabella morava com Jacob e Billy, por isso ela estava lá.
      Eu me sentei entre a Isa, como ela pediu que eu a chamasse, e o Seth. Ele ficou segurando em minha mão. Eu ouvi atentamente ao que Billy falava. Ele estava contando o que supus ser lendas quileutes.

      - Houve uma época em que os frios caçavam por aqui. Os quileutes, por serem descendentes dos lobos, protegíamos nosso território deles. Mas ouve frios que não bebiam sangue humano, bebiam sangue animal, e um dia, Ephraim Black, líder da nossa tribo, os encontrou caçando em nossas terras. Eles fizeram um acordo de nunca caçar mais nas terras quileutes, muito menos entrar aqui. - contou Billy.

      Houveram outras lendas, e o mais estranho era que na maioria delas haviam os "frios" e os "lobos". Depois de ouvirmos as lendas, Seth me puxou para uma área. Ele estava um pouco sério. Ele quase não me viu, tinha sempre que ficar saindo quando ouvíamos uivos e aquilo era um sinal dos amigos dele o chamando.

      - Belle, eu tenho que te contar uma coisa muito importante. - disse Seth.
      - Pode dizer! - eu disse.
      - Eu... - ele ia começar, mas foi interrompido por Paul.
      - Você não ia contar pra ela, não é Seth? - disse Paul.
      - Não é da sua conta o que ele ia me contar, Paul. - eu disse.
      - É claro que é!
      - Não é não! - eu disse, eu estava um pouco nervosa. - Ele é meu namorado e você não é mãe ou pai dele pra dizer a ele o que dizer e o que não dizer.
      - Toma cuidado com o jeito que fala comigo, Belle! - ele disse, pelo visto eu o estava deixando nervoso.
      - Ou o que, ein Paul? - eu disse, e diria que me arrependi na mesma hora.

      Ele estava muito zangado comigo. Ele se contorceu um pouco e em pouco tempo se transformou em um lobo gigante. Ele queria me atacar, mas Seth, que estava atrás de mim, se transformou também em um lobo, logo depois de dizer um "Não!" para Paul.
      Logo eles começaram a brigar. Isa veio e me afastou deles, pois eu diria que eu estava perto demais dos dois. Foi aí que percebi que Isa tinha uma marca no braço direito, assim como os meninos. Que estranho! Mas o mais estranho é foi ver Paul, meu namorado e agora Sam se transformando em lobo. Sam, que era um lobo preto e maior que os outros dois, foi partir a briga e eu diria que ele conseguiu, como se usasse um "comando" especial. Paul, o lobo cinzento, e Seth, o lobo castanho, pararam no mesmo instante. Eles pareciam que iam se transformar de volta e eu decidi me virar, Isa fez o mesmo.
      Minha cabeça estava super lotada de perguntas. Seth teria que me dar as respostas pelo menos das principais. Isa me olhou com uma cara de preocupação, como se um grande segredo tivesse acabado de se revelar, ou se alguém indesejado estivesse ali. Ela olhou para um lugar na floresta e foi ali que eu a vi.

      - Camila? - eu perguntei.

      Ela não se atreveu a chegar mais perto, mas de longe pude vê-la e seus olhos no lugar de vermelho com castanho estavam de um vermelho vivo. Ela do nada desapareceu dali e depois de um tempo Isa relaxou um pouco.
      Seth me abraçou por trás. Ele estava vestindo outras roupas. Ele me virou e selou nossos lábios. Eu parti o beijo e nós encostamos nossas testas. Percebi que Isa já não estava mais ali, e sim com os outros perto da fogueira.

      - Vai me contar sobre o que acabou de acontecer? - eu perguntei o olhando nos olhos.

      Ele olhou um pouco pros lados, depois olhou pra mim. Respirou fundo e depois disse:

      - Venha comigo!

      Ele me puxou até uma área perto dali. Nos sentamos em um banco que havia ali, ele segurou minha mão, respirou fundo e disse:

      - Sabe as histórias que Billy contou?
      - Sim, o que tem elas? - eu perguntei.
      - Eu sou um lobisomem. - ele disse por fim. - Todos que contém essa marca - ele apontou para a marca no ombro direito. - são lobisomens. E existem os "frios". Você pode conhecê-los por vampiros.
      - Eles existem também? - eu perguntei.
      - Sim, e você conhece alguns. - ele disse e eu o olhei confusa. - Vampiros tem a pele pálida e olhos de uma cor diferente.
      - Você está falando dos Cullen e da Bella?
      - Sim!

      Agora fazia sentido o porquê de Bella ser pálida, fria e ter olhos de cor diferente dos que costumava ter. Explica o motivo dos Cullen serem pálidos e frios. E a história da marca esclareceu o porquê de Isa também tê-la.

      - E como é essa história de lobisomem. - eu perguntei.
      - Bom nós podemos nos transformar quando quisermos, não somos "lobisomens". Uma vez nos chamaram de "transfiguradores". - disse-me Seth. - Nós podemos nos "apaixonar". - disse fazendo aspas com as mãos.
      - Como assim? - eu perguntei, confusa.
      - É chamado de imprinting. É quando não é mais a gravidade que te segura na terra, e sim aquela pessoa com quem você teve. Tipo Sam e Emily ou Jacob e Renesmee.
      - Como assim, Jacob e Renesmee? Ela só tem 5 anos! - eu disse meio indignada.
      - Na verdade ela nem tem 1 ano direito. - ele me olhou e eu estava um pouco mais confusa do que antes. - Ela é filha de Bella e Edward, não adotada, mas de sangue. Renesmee é meio vampira e meio humana. Bella a teve depois de um mês de gestação.

      Eu estava chocada. Isso explicava muita coisa. Um era o porquê de Renesmee ter olhos castanho-chocolate; dois, o porquê dela ter cabelos da mesma cor dos de Edward; três, o porquê dela crescer rápido, ou mais ou menos; quatro, o porquê do nome dela ser "Renesmee", que parece ser junção de Reneé, mãe de Bella, e Esme, mãe adotiva de Edward, (coisa de Bella) e cinco, o porquê de Jacob praticamente morar lá.

      - Posso fazer uma pergunta? - eu perguntei.
      - Claro! - disse Seth.
      - Se os Cullen são vampiros, por que ainda não atacaram nem a mim, nem ao Charlie ou um de vocês?
      - Bom, os Cullen se consideram "vegetarianos", bebem somente sangue de animais. Para manter os humanos à salvo. E quanto a nós, bom, para eles cheiramos como cachorro molhado, e eles para nós tem um cheiro horrível também. Para mim o cheiro não importa e eles são meus amigos. - ele disse e sorriu.
      - Que bom! - eu disse e sorri logo depois. - Você já teve imprinting com alguém?
      - Não! Ainda não! Você tem certeza de que quer falar sobre isso?
      - Hum... - fingi pensar. - Não!

      Eu ri e ele também. Bateu um vento forte, fazendo com que eu meu queixo começasse a bater de frio, pois a noite já estava fria. Seth percebeu e me aconchegou em seus braços. Ele era quente e uma dúvida surgiu em minha cabeça.

      - Todos os lobisomens são quentes? - eu perguntei.
      - Sim! É como se fosse natural. - ele respondeu.
      - Hum... como Sam fez com que você e Paul parassem de brigar? - eu perguntei.
      - Ele usou o comando de alfa. - disse Seth e o mesmo deu de ombros.
      - Então ele é o líder da "matilha".
      - É, mas era para ser o Jake, o nosso alfa, só que ele renunciou. - ele disse e selou nossos lábios.

      Depois ele distribuiu beijinhos por meu rosto me fazendo rir. Ficamos um pouco parados, ele abraçado à mim, observando a Lua e as estrelas. Era bom passar momentos com ele. Ele me fazia bem e me deixava feliz.

      - Amor? - eu chamei a atenção dele.
      - Oi! - ele respondeu, indicando que estava prestando atenção.
      - Amanhã eu não vou pra casa de Charlie.
      - Por que?
      - Porque vou ficar na casa dos Cullen. Charlie vai para uma cidade aqui perto verificar uns assassinatos e só volta sexta. E também Alice e Rosalie vão fazer a "semana da aniversariante" pra mim! - eu disse, rindo logo depois.
      - Então não nos veremos até sua festa?
      - Não! Você vai poder me ver, exceto no dia da festa.
      - Ah! E é pra eu te deixar lá hoje, ou amanhã depois de almoçarmos juntos?
      - Amanhã depois do almoço!
      - Ok!

      Ficamos observando as estrelas um pouco mais até que eu dormi em seus braços.


Continua...





Hey, my girls!!! <3 Desculpa não ter postado antes. Tava sem tempo e quando tinha tempo tava sem o caderno com os capítulos. ¬¬' Desculpa, tá meus amores! Perdoem a Clarinha? Plz' Eu amo todas vocês de montão!
Os comentários de vocês foram respondidos no cap. anterior. ;)
Preciso dizer que AMEI os comentários? E quem surtou mais, ein dona Isabella Conte??? Sim, é a nossa lobisomem da história... haha
GENTE EU TO SUPER FELIZ! Sabe a Caitlin Beadles? (Óbvio que sabem) Ela falo comigo hoje! \õ/ ~dança maluca~ (lembra Thammy?) haha
E eu ainda estou feliz porque o blog tem 18 seguidoras e 7034 visualizações!!! \õ/\õ/
Amo muito vocês minhas DIVAS! <3
Beijinhos no colação de cada uma! ;*
@ClaraVeras / @JB10Lovehim